Além da Dramaland

O que é que o BTS tem?

Estou longe de ser a pessoa mais entendida do k-pop — longe mesmo! Não conheço tanto os grupos assim, mas tenho os meus favoritos, e eles atendem pelo nome de SHINee, Big Bang e BTS, nesta ordem.

Pois bem, esta semana, o último da lista, nosso amado Bangtan Sonyeondan, veio com um comeback arrasador, batendo recorde atrás de recorde de visualizações no YouTube nas primeiras 24 horas após o lançamento, liderando o iTunes em mais de 70 países, e isso não é nem um pouco surpreendente. O BTS hoje é, em minha opinião, o grupo coreano que melhor entende o mercado musical atual, que é ditado pelo modelo americano. Continue Reading

Artigos

Um viva às OSTs!

“Por isso amo música!”

“Por quê?”

Uma cena banal de repente se enche de significado!”

(Trecho do filme “Mesmo se nada der certo” — John Carney)

Ah, a música. Eu amo música! Acho que por isso me identifiquei tanto com a personagem da Park Min Young em Healer, por gostar de cantar e dançar não importa a hora. Continue Reading

Resenhas

Fight My Way — resenha

Meus olhos brilharam quando vi que este drama estava aberto no DramaFever! Estava doida para ver desde que vi que Kim Ji Won seria a protagonista. O primeiro trabalho dela que assisti foi Descendants of the Sun e fiquei tão apaixonada pela sua personagem ao lado do ator Jin Goo que minhas expectativas para Fight My Way estavam nas nuvens. Continue Reading

Resenhas

Love in Trouble — resenha

Minha primeira resenha! Êêêêêê!!! Ou tentativa dela…

Antes de seguir com o texto, uma observação: adoro quando o drama tem um nome alternativo! Sério, eu confesso aqui que nunca soube direito como pronunciar o Ryeo de Scarlet Heart, então prefiro usar Moon Lovers que é mais fácil! Hehe

Com este, optei pelo Love in Trouble. “Suspicious” para mim, carioca da gema, é um trava-língua que só! Continue Reading

Artigos

Yes, nós temos clichês

Se tem uma coisa que impera nos dramas coreanos é o clichê. É o jovem milionário que se apaixona pela menina pobre e sofrida, a menina que finge ser menino e acaba conquistando o coração do mocinho (que, por sua vez, entra em crise de identidade por achar que é gay), personagens que possuem ligação no passado, entre outros.  Continue Reading

Artigos

Lu na Dramaland

Conheci a Dramaland há muito tempo. Na verdade, vislumbrei a sua fronteira, não cheguei a explorar de cara, mas sabia que era uma terra boa. Digo isto porque não se tinha muito acesso aos “doramas” na ocasião, era meados dos anos 2000, lembro que estava na faculdade de jornalismo, minha internet não era lá essas coisas, então tinha muita dificuldade para baixar as séries. Continue Reading