Resenhas

Secret Love Affair — Resenha

Já era para eu ter feito uma resenha sobre este drama, mas como quis dar um pouco de atenção aos deste ano que assisti, deixei um pouco de lado. Só que o Yoo Ah In não me deixa, então vamos rasgar um pouco de seda para o trabalho dele ao lado da atriz Kim Hee Ae no drama Secret Love Affair, de 2014. Continue Reading

Resenhas

Chicago Typewriter — Resenha

Sabe aquele drama que você espera uma coisa, chega lá e não é nada daquilo que imaginava, mas mesmo assim a história te prende e, no fim, você gosta? Pois foi exatamente isso que aconteceu comigo quando assisti à Chicago Typewriter. E o saldo final foi muito positivo! Continue Reading

Além da Dramaland

Pure Love (filme)

Se você quer sair um pouco da rotina dos dramas, mas sem deixar totalmente de lado, a dica é procurar os trabalhos que os atores e atrizes fazem no cinema. Tem muita coisa boa, sobretudo se levarmos em conta que o cinema coreano é um dos que mais cresce atualmente. Hoje vamos falar de um dos trabalhos de dois queridos dos fãs, D.O e Kim So Hyun: Pure Love. Continue Reading

Artigos

Por onde eu começo??

Entrar na Dramaland é certeza de não querer sair mais! Contudo, quem nunca ficou perdido na hora de escolher o próximo drama, que atire a primeira pedra! São tantas opções, e para aumentar o nosso desespero, se juntar Coreia do Sul, Japão, China e outros países asiáticos que também produzem dramas, são lançados mais de 100 por temporada! Eu dei uma “googlada” nos de 2016 (mais recentes, né) e quase caí dura para trás ao perceber que tenho pelo menos uns 40 coreanos pra assistir (vida social para quê, minha gente?!). Continue Reading

Resenhas

Criminal Minds — Resenha

Antes de começar o texto, quero dizer que esta análise é puramente sobre a série coreana. Nada de comparações com a versão americana, primeiro porque não é uma série que acompanho, e segundo porque por mais que haja todo o cuidado para se manter a essência da produção original, sempre vai ter aquele detalhe que precisa ser adaptado para a cultura local. E acho que a graça é justamente essa, dar aquele “toque coreano” à série. Dito isso, lá vamos nós! Continue Reading